MDIC chefia missão brasileira à Suécia

//MDIC chefia missão brasileira à Suécia

MDIC chefia missão brasileira à Suécia

fe97933c 1dd8 4da0 b6fa 1de3be6748d8

O secretário-executivo do MDIC, Marcos Jorge, participa de uma série de reuniões e eventos com autoridades suecas destinadas a aprofundar a cooperação bilateral

Brasília (24 de outubro) –  O secretário-executivo do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Marcos Jorge de Lima, participa, a partir desta terça-feira, de missão técnica brasileira à Suécia. Em Estocolmo, ele terá uma série de reuniões, visitas e eventos com autoridades suecas destinados a aprofundar a cooperação bilateral.

6º Workshop Brasil-Suécia em Aeronáutica

Nesta quarta-feira (25), às 9h da manhã, o secretário-executivo participa da abertura  6º Workshop Brasil-Suécia em Aeronáutica, no Royal Institute of Technology (KTH), em Estocolmo, com a participação de pesquisadores e empresários brasileiros. A organização do evento é uma parceria do governo brasileiro (MCTIC, CNPq, ITA) com o Programa Innovair, instituição do governo sueco responsável pela política para o setor aeronáutico em cooperação com o Instituto Real de Tecnologia (KTH). O trabalho é coordenado pelo Grupo de Alto Nível Brasil Suécia em Aeronáutica (GAN), presidido pelo MDIC.

A Sessão Plenária do 6º Workshop trará o status atual da cooperação bilateral entre o Brasil e a Suécia, os benefícios alcançados até agora, os casos de sucesso e as perspectivas futuras. Haverá também “ConverStations”, estações de conversação, onde uma apresentação curta e preparada é dada por um stakeholder no setor aeronáutico (academia ou indústria) e uma discussão é realizada com os participantes. 

Grupo de Alto Nível Brasil Suécia em Aeronáutica

Na quinta-feira (26), às 8h30, Marcos Jorge participa do terceiro encontro do Grupo de Alto Nível Brasil Suécia em Aeronáutica (GAN), que será realizado no Ministério da Inovação da Suécia, em Estocolmo. A criação do GAN pode ser considerada um desdobramento da compra de 36 aviões de caça suecos da empresa sueca Saab. 

Uma das principais razões para a escolha da empresa sueca frente aos demais concorrentes foi a transferência de tecnologia e a possibilidade de inserção das empresas brasileiras na cadeia de fornecimento global da Saab, por meio da fabricação de alguns componentes do caça Gripen NG, proporcionando, ao Brasil, o acesso a novos mercados. O contrato com a empresa da Suécia foi assinado em setembro de 2015. 

Segundo cronograma oficial, a FAB deve começar a receber os primeiros Gripen a partir de 2019. Além das aeronaves, o contrato também inclui transferência de tecnologia para o Brasil e o desenvolvimento e construção de parte das aeronaves pela Embraer, empresa brasileira que participará ativamente do projeto de transferência de tecnologia que já foi iniciado há cerca de um ano com a ida de mais de cem engenheiros brasileiros à Suécia.

Ainda no dia 26, às 13h, o secretário-executivo participa  da abertura da II Reunião do Grupo de Trabalho sobre Alta Tecnologia Industrial Inovadora (2nd Meeting of Steering Group on Innovative High Technological Industrial Cooperation), no Ministério da Inovação da Suécia, em Estocolmo. 

Visita à SAAB 

Durante a missão à Suécia, que termina na quinta-feira (26/10) também está prevista uma visita à sede da SAAB, na cidade de Linköping, onde técnicos e autoridades poderão conhecer o primeiro caça Gripen brasileiro em produção. Haverá informações sobre a transferência de tecnologia para o Brasil, e uma palestra com um engenheiro brasileiro da Embraer que trabalha na empresa. 

Assessoria de Comunicação Social do MDIC 
(61) 2027-7190 e 2027-7198 
imprensa@mdic.gov.br 
  
Redes Sociais: 
www.twitter.com/mdicgov 
www.facebook.com/mdic.gov 
www.youtube.com/user/MdicGovBr 
www.flickr.com/photos/mdicimprensa 
http://pt.slideshare.net/mdicgovbr 
https://soundcloud.com/mdic

 

By | 1970-01-01T00:00:00+00:00 1 de janeiro de 1970|0 Comments

About the Author:

Leave A Comment