Plano Nacional da Cultura Exportadora chega ao Distrito Federal

//Plano Nacional da Cultura Exportadora chega ao Distrito Federal

Plano Nacional da Cultura Exportadora chega ao Distrito Federal

 IMG 0041

Programa coordenado pelo MDIC pretende difundir a cultura exportadora entre micro, pequenas e médias empresas

Brasília (8 de dezembro) – O Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE), coordenado pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), foi lançado oficialmente no Distrito Federal nesta sexta-feira (8). Agora, 25 estados participam do programa criado para difundir a cultura exportadora e contribuir para a ampliação do número de empresas que exportam. O chefe de gabinete do MDIC, Evandro Garla Pereira da Silva, participou do lançamento, que ocorreu no mezanino da Torre de TV.

O PNCE, desenvolvido graças a articulação de diversos parceiros no plano federal e estadual (ministérios, agências federais, bancos públicos, governos estaduais, organizações empresariais, sistema S, entre outros), oferece ao setor produtivo ferramentas de capacitação, consultoria e inteligência comercial. O foco é aumentar o número de micro, pequenas e médias empresas no comércio exterior.

A articulação proposta é desenvolvida em torno do que se convencionou chamar de Trilha de Internacionalização de Empresas. Trata-se de um eixo que compreende cinco etapas – sensibilização, inteligência comercial, promoção comercial e comercialização. Ao longo dessas etapas, de maneira sequencial e coordenada, as instituições parceiras prestam auxílio às empresas, a fim de que estas possam eventualmente exportar.

O chefe de gabinete do MDIC lembrou o resultado da balança comercial de 2017 cujo superávit para os primeiros 11 meses do ano é o maior da história. “No acumulado janeiro-novembro de 2017, as exportações foram de US$ 200,154 bilhões e as importações somaram US$ 138,146 bilhões. O superávit chegou ao valor recorde de US$ 62 bilhões. Estamos empenhados com o crescimento do país”, afirmou.

No DF, o comitê gestor local do PNCE será coordenado pela Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra) que, desde o segundo semestre de 2016, realiza o Projeto Exporta – DF, que tem grandes semelhanças com o PNCE. O grupo conta ainda com a Apex-Brasil, Sebrae-DF, Banco do Brasil, Correios e Universidade Católica de Brasília.

Neste primeiro ciclo, o Exporta – DF selecionou nove empresas dos setores têxtil e calçadista interessadas no processo de internacionalização. Elas estão sendo capacitadas e preparadas para exportar pela primeira vez. Na tarde deste sexta-feira, elas participaram de uma rodada de negócios com potenciais importadores da Espanha, Colômbia, República Dominicana e Paraguai.

Pauta de exportações

Em 2017, as exportações do DF totalizaram US$ 236,9 milhões até novembro. A pauta de exportações brasilienses está concentrada em dois produtos: soja triturada (42%) e carne de frango congelada, fresca ou refrigerada (33%). Os principais parceiros comerciais do DF são China, Arábia Saudita e Estados Unidos.

Assessoria de Comunicação Social do MDIC 
(61) 2027-7190 e 2027-7198 
imprensa@mdic.gov.br 
  
Redes Sociais: 
www.twitter.com/mdicgov 
www.facebook.com/mdic.gov 
www.youtube.com/user/MdicGovBr 
www.flickr.com/photos/mdicimprensa 
http://pt.slideshare.net/mdicgovbr 
https://soundcloud.com/mdic

By | 1970-01-01T00:00:00+00:00 1 de janeiro de 1970|0 Comments

About the Author:

Leave A Comment