(11) 5067-3080 | comercial@wamclog.com.br

5 dicas para fazer a importação de carga com segurança

A importação é uma opção bastante inteligente quando se trata do aumento da produtividade e lucratividade dos negócios. No entanto, é essencial conhecer alguns detalhes desse processo, que vão desde o seguro de carga até o cumprimento das regras do país em questão.

Diante da importância do assunto, reunimos neste post 5 dicas para realizar a importação de carga com segurança, a fim de garantir que o processo seja feito de forma adequada e preventiva. Acompanhe!

1. Cadastre-se no Radar Siscomex

O primeiro passo para fazer a importação de carga é por meio do cadastro no Radar Siscomex. Trata-se de um sistema da Receita Federal para regulamentar todas as entradas e saídas de produtos no Brasil.

Esse registro é válido por 18 meses e é indispensável para o negócio de quem quer investir na importação. Não existe outra maneira, quem quer importar antes de qualquer iniciativa, a empresa deve estar habilitada devidamente no Radar.

2. Considere todos os prazos do processo

Outro ponto de atenção é sobre os prazos que envolvem o processo. É fundamental considerar não somente o prazo de quem enviará o produto, mas também o tempo do transporte internacional até os trâmites alfandegários para a efetiva liberação da mercadoria junto aos órgãos competentes.

Essa ação evita possíveis atrasos até o destino, garante que o produto chegue a tempo e ainda reduz o risco de dores de cabeça.

3. Estime os custos

Para que a tarefa seja concluída com sucesso, é preciso pagar os impostos aduaneiros — isso também garante que tudo entre legalmente no Brasil. Quando esses gastos não são considerados, as mercadorias poderão ficar retidas ou serão enviadas de volta ao fornecedor.

A melhor forma para organizar a gestão financeira é estimar todos os custos que envolvem a importação. É possível usar simuladores automáticos ou realizar os cálculos por meio das alíquotas de tributos específicos. Por mais que o cálculo não seja exato, é possível ter uma base de quanto será necessário dispor para liberar a carga com segurança.

4. Contrate um despachante aduaneiro

A contratação de um despachante aduaneiro está entre as principais etapas para garantir que a importação de carga seja feita com segurança. O profissional é o responsável por auxiliar todo o processo de importação e é quem prepara e assina os documentos.

Em suma, o profissional representa o operador diante da fiscalização e dos órgãos intervenientes. Seu objetivo é oferecer ao importador os meios necessários e consultoria para que o mesmo não tenha entraves junto à Receita Federal e sua mercadoria leve o menor tempo possível para ser liberada.

5. Trabalhe de forma preventiva

Para fazer a importação de carga com segurança, é essencialmente importante garantir que todo o processo será feito de forma correta. Logo, agir de forma preventiva é indispensável. Para isso, conheça melhor sobre os seus fornecedores e requisitos do produto a ser importado.

Ao usar essas orientações, concluir a importação da mercadoria com segurança ficará menos complexo. Como resultado, o seu negócio poderá aproveitar todas as vantagens de contar com produtos do exterior, evitando problemas e imprevistos.

O que achou das informações? Viu como são importantes? Então continue acompanhando o blog WAMC para conferir mais conteúdos como este!

escort mersin

- escort eskişehir

escort mersin

- escort eskişehir