(11) 5067-3080 | comercial@wamclog.com.br

NOR – Non Operating Reefer: conheça esse equipamento e suas vantagens

Certamente você já ouviu falar sobre embarques utilizando o container NOR, com cargas oriundas da Ásia, mas você sabe o que significa? Qual a vantagem em utilizar esse equipamento em suas importações? Clique aqui e conheça essa nova opção de equipamento para  embarque!

Qual o significado da Sigla NOR?

“Non-Operating Reefer” é o significado para a sigla NOR, em inglês. Em português, poderíamos traduzir como “reefer fora de operação”. Em suma, é a utilização de um container refrigerado, embarcado, cheio, e com carga em seu interior, porém desligado.

Devido à grande demanda das exportações de mercadorias congeladas do Brasil para outros países, sobretudo para o continente Asiático,  faz-se necessário o reposicionamento destes equipamentos para atender novas demandas de exportações no Brasil; porém a demanda por containers Reefer nas exportações superam em muito a demanda nas importações; isso faz com que haja um déficit de equipamentos disponíveis nos terminais de containers no Brasil.

Uma forma encontrada para balancear o reposicionamento dos containers reefers nos terminais, é a utilização deles para cargas secas na importação, ou seja, cargas gerais que possam ser transportadas nestes equipamentos com segurança sem que haja danos ao equipamento e nem à mercadoria.

A principal vantagem na utilização desses equipamentos está diretamente ligada ao preço e à economia. Ao optar pelo container NOR, o importador pode obter uma redução no valor do frete internacional de até 30% se comparado com o valor do frete de um container DRY, dependendo do período do ano.

Outro ponto importante a ser observado, é se suas importações são feitas apenas em equipamento de 20 pés DRY. Ao substituir por um NOR, você terá apenas a opção de container de 40 pés, pois os equipamentos de 20 pés reefer são escassos no mercado e pouco utilizados. Neste caso deve-se observar o valor do frete para equipamento de 20 pés DRY naquele período e fazer os comparativos, pois pode haver diferença de custos na origem para o exportador no THC (capatazias de origem), bem como no valor do transporte rodoviário ao substituir o equipamento de 20 pés pelo de 40’.

O volume da carga é importante na hora de se optar pelo equipamento NOR. A capacidade volumétrica do equipamento de 40 pés NOR é menor em relação ao equipamento de 40 pés HC. Essa redução de espaço pode apresentar uma perda de até 9 m³ tornando inviável a substituição.

Quais as vantagens?

Abaixo citamos as vantagens para utilização do equipamento:

  • Cia Marítima: vantagens imensas, pois alguém está pagando o transporte deste container da origem ao Brasil (este reposicionamento da unidade refrigerada), e eles terão o container aqui para disponibilizar aos exportadores e atender a demanda local.
  • Cliente Importador:a principal vantagem de utilizar esta técnica é na questão do valor do transporte deste container, que na maioria das vezes, é mais barato do que o transporte de um container de 20 pés (salientado que os containers reefers/NOR que são comumente utilizados no Brasil são de 40 pés). Ou seja, paga-se menos para ter mais espaço para colocar mercadorias para transporte. Vale salientar que o free time demuurage no Brasil é reduzido, comparado ao container DRY, mas que muitas vezes
  • Cliente Exportador: recebe, além de equipamentos disponíveis em tempo para programar suas exportações, também preço de frete mais justo, pois sabe que o armador não teve aquele custo de reposicionamento do container vazio por sua conta, e sim por conta do último importador a utilizar este container.

Achou esta informação útil? Ficou com alguma dúvida? Fale conosco!

escort mersin

- escort eskişehir

escort mersin

- escort eskişehir