(11) 5067-3080 | comercial@wamclog.com.br

O que é frete FOB e como é feito o cálculo

contratação do serviço de frete envolve a avaliação de alguns aspectos que vão além do valor cobrado pela transportadora, como a análise da qualidade, as condições de pagamento e a reputação da empresa no mercado, por exemplo. Também é preciso definir quem arca com os custos e responsabilidades sobre os riscos do transporte. Por isso, é importante estar atento durante a negociação de compra e venda. Acompanhe as informações nesse post e saiba mais!

O que é frete FOB?

A sigla FOB vem da expressão em inglês “free on board” ou “livre a bordo”. Diferente do frete que é pago durante o processo de venda, o FOB é coberto pelo destinatário, que se responsabiliza pelo contrato e pagamento do transporte da mercadoria em questão.

O pagamento do frete FOB não está incluso no valor da compra. Logo, o comprador deve realizar o pagamento do frete separado da nota fiscal. O remetente até pode acionar o transporte, mas a responsabilidade persiste no encargo do comprador, que cuida do processo pagando também o seguro da mercadoria e cumpre a gestão dos riscos do transporte.

Quais são as variáveis que influenciam diretamente no cálculo do frete?

Os principais fatores que influenciam no cálculo do frete FOB são: o peso da mercadoria, o valor, a distância percorrida, os modais do transporte e os tributos e pedágios.

Em relação ao peso, pode-se dizer que o tamanho ocupado pela mercadoria também influencia na composição dos custos totais, ou seja, se o peso físico for desproporcional (menor) ao tamanho da carga, será a dimensão do volume que será levado em conta no momento do cálculo.

Caso a carga seja muito valiosa, o custo de frete é calculado com base no valor emitido na nota fiscal. Isso é essencial, pois as mercadorias com alto valor agregado podem exigir cuidados específicos de transporte (gerenciamento de riscos), como a contratação do serviço de escolta por exemplo.

A distância percorrida e o valor do frete FOB são variáveis diretamente proporcionais. Isso quer dizer, quanto mais amplo for o percurso, maior será o custo aplicável. A base do cálculo leva em consideração os dispêndios com combustível.

A maioria dos transportes em território brasileiro é feito através da malha rodoviária. Mas, em alguns casos, outros modais de transporte podem ser indispensáveis, como os trajetos por balsa realizados no Norte do Brasil e nos casos de importação e exportação. Por fim, há a cobrança de tributos e impostos, ICMS e ISS e os pedágios que podem ser exigidos no trajeto.

Como é feito o cálculo do frete FOB?

O valor ideal do frete FOB é composto pela análise de todas as informações obtidas a partir das variáveis acima citadas. O cálculo manual pode não ser a melhor proposta, uma vez que a quantidade de variáveis pode comprometer o resultado, deixando-o exposto a erros.

Muitas empresas utilizam softwares de transporte e logística na realização de cálculos relacionados ao frete FOB. Dessa maneira, os dados são acrescentados no sistema e com isso podem ser extraídos o valor exato automaticamente.

O que achou das dicas fornecidas nesse post? Deixe aqui o seu comentário!