(11) 5067-3080 | comercial@wamclog.com.br

Saiba como o frete internacional funciona

Nas operações de compra e venda para o exterior, há um componente essencial: o frete internacional. Ele consiste no transporte de mercadorias entre quem compra e quem vende e envolve o cruzamento das fronteiras territoriais.

Entender o funcionamento desse processo é indispensável para definir qual é a melhor maneira de proceder e para acompanhar tudo corretamente. Assim, você terá mais tranquilidade para importar ou exportar.

Na sequência, veja como funciona o frete internacional e confira quais são as suas principais características!

Como é a escolha do modal de transporte?

Uma das primeiras decisões consiste em definir qual será o modal utilizado. Por envolver longas distâncias — muitas vezes, cruzando oceanos — o transporte hidroviário e o aeroviário são os mais comuns.

O uso de avião oferece maior rapidez, mas também custos elevados. Já a movimentação por via marítima costuma oferecer um bom nível de custo-benefício, em termos de qualidade versus preços.

Como os produtos são transformados?

No geral, o frete internacional é feito com a ajuda de contêineres metálicos. Essas estruturas recebem diversos produtos, que podem ser iguais ou não. O transporte, então, passa a ser mais simples e protegido.

É comum a identificação dessas unidades de transporte para melhorar a rastreabilidade do pedido e a organização logística.

Quais são os tipos de frete internacional?

Dependendo das necessidades de importação e exportação, é possível recorrer a tipos diferentes de frete. A principal distinção tem a ver com as responsabilidades. Em cada tipo, o agente importador ou o exportador é quem deve cuidar da carga até a entrega.

Para ilustrar essas diferenças, vale conhecer os frete CIF e FOB, dois principais nos Incoterms. No frete CIF, a responsabilidade por todo o transporte é do vendedor, o que pode ser interessante para quem importa. No entanto, os custos também se elevam.

Já o frete FOB prevê que a responsabilidade do vendedor se encerra assim que a mercadoria é embarcada. Depois, o comprador assume todos os riscos referentes ao transporte. Em geral, é escolhido por exportadores que não operam no país de destino.

Como os custos são calculados?

O valor de um frete internacional depende de algumas variáveis, como o tipo de produto a ser transportado, o modal selecionado e a distância a ser percorrida. Quanto mais longe as empresas estiverem, maior será o valor. Da mesma maneira, itens maiores e pesados também custam mais. Dependendo do caso, é possível negociar alguns valores e descontos, principalmente quando o importador ou exportador realiza operações continuamente.

Além disso, é preciso considerar os custos associados com o embarque e o desembarque, que variam a cada país. O mais indicado é ter o apoio de um agenciador de cargas, pois é algo que simplifica o processo e garante os melhores resultados.

Como funciona o seguro de carga?

Em alguns casos, é essencial reduzir ainda mais os riscos de operação com o frete internacional. Uma das soluções consiste em contratar um seguro de carga, que oferece coberturas específicas durante o transporte.

Assim, se ocorrerem danos ou perda de carga, a seguradora fica responsável pelo pagamento. No entanto, convém notar que é algo que eleva os custos gerais, então só é recomendado em situações pontuais.

frete internacional viabiliza o comércio exterior e tem algumas características específicas. Conhecendo seu funcionamento, é possível definir como aproveitá-lo da melhor maneira, de acordo com as necessidades.

Se quiser tornar os processos mais simples, veja quais são os benefícios do agenciamento de cargas!

escort mersin

- escort eskişehir

escort mersin

- escort eskişehir